Uso de águas subterrâneas na indústria é legal e reduz custos

As águas subterrâneas são de extrema importância para garantir disponibilidade hídrica e conta com grande vantagem por proporcionar redução de custo. Há 62,7 vezes mais água subterrânea do que toda a água superficial do Planeta.

No Brasil, existem 2,5 milhões de poços tubulares e 3,5 milhões de poços escavados/nascentes, onde se extraem mais de 18 bilhões metros cúbicos anual (m³/ano) de água, segundo o geólogo José Paulo Godoi Martins Netto, que é presidente da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas (ABAS).

Utilização em larga escala de água subterrânea pela agricultura

Estudos mostram que quem mais faz uso de água subterrânea é a agricultura (30%), pois os volumes utilizados são enormes na irrigação por aspersão, além disso, há grandes perdas por este sistema. O abastecimento industrial com água subterrânea chega a 10%.

Mas o que deve ser feito para utilizar a água subterrânea?

Avaliação hidrogeológica e análise econômica para analisar a viabilidade, solicitar licença para perfuração do poço ou outorga de uso, perfurar, efetuar tratamento, cloração e fazer o controle de qualidade potável.

Ao fim da apresentação, em prol não só da preservação dos recursos naturais, mas também em benefício da população, ele recomendou a utilização dos diversos tipos de opções: abastecimento público, água de chuva, cisternas, reuso de água, dessalinização, focando mais no uso de água subterrânea e no controle de perdas.



Que tal fazer o seu pedido agora mesmo?

Compre agora!
X