Filtragem por membranas: O que é?

A tecnologia de membranas para filtração tem crescido muito nas últimas décadas. É uma tecnologia de excelente custo-benefício que funciona sem a adição de produtos químicos, consome relativamente pouca energia e é de fácil operação. Além disso, existem diferentes tipos de sistemas de membranas para diferentes requisitos de produto final, o que torna a tecnologia de membranas altamente flexível. A tecnologia de membranas pode ser utilizada para filtração de água de superfícil, água subterrânea, efluentes, água do mar, e também podem ser utilizadas em outros processos como processamento de bebidas e assepsia de produtos farmacêuticos.

Tecnologia de membranas

Tecnologia de membranas é um nome genérico que se dá para uma série de processos de filtração que utilizam membranas como barreira para retenção de partículas. Quando falamos de tratamento de água, os 4 principais tipos de tecnologia de membranas utilizadas para filtração são:

  • Microfiltração
  • Ultrafiltração
  • Nanofiltração
  • Osmose Reversa

Microfiltração

A microfiltração é um processo de filtração de baixa pressão e é utilizada para remoção de partículas com tamanho entre 0,1 e 10 µm, podendo ser utilizada para remoção de todos os tipos de bactérias e alguns tipos de vírus. As principais aplicações da microfiltração são:

  • Separação de bactérias da água em processos industriais
  • Clareamento de bebidas
  • Esterilização parcial da água em processos farmacêuticos
  • Tratamento de efluentes
  • Separação de emulsões água/óleo
  • Pré-tratamento para sistemas de nanofiltração e osmose reversa

 

Ultrafiltração

A ultrafiltração é um processo de filtração que utiliza pressões até aproximadamente 10 bar é utilizada para remoção de partículas com tamanho entre 0,01 e 0,1 µm. Uma das principais características da ultrafiltração é sua capacidade de remoção de partículas orgânicas de alto peso molecular, o que a torna excelente para remoção de vírus e bactérias e separação de macromoléculas como óleo, colóides, proteínas e outros. As principais aplicações da ultrafiltração são:

  • Fracionamento de leite
  • Clareamento de bebidas
  • Remoção de partículas provenientes de pintura eletrostática
  • Separação de emulsões água/óleo
  • Pré-tratamento para sistemas de nanofiltração e osmose reversa

 

Nanofiltração

A nanofiltração é um processo de filtração por membrana que pode remover partículas com tamanho entre de 0,001 e 0,01 µm. É geralmente utilizada como etapa para tratamento de água, remoção de cor, remoção de contaminantes orgânicos como pesticidas e remoção de metais pesados. As principais aplicações da ultrafiltração são:

  • Remoção de pesticidas
  • Remoção de metais pesados
  • Reuso de efluentes
  • Remoção de nitrato
  • Pré-tratamento para sistemas de osmose reversa

 

Osmose Reversa

A osmose reversa é uma técnica altamente eficiente de filtração por membrana que pode remover partículas menores que 0,001 µm. O permeado proveniente da osmose reversa contém baixas concentrações de sólidos dissolvidos. As principais aplicações da osmose reversa são:

  • Dessalinização de água do mar
  • Produção de água de processo
  • Produção de água potável
  • Produção de água ultrapura