Farmácias de manipulação e os sistemas de purificação de água

Equipamentos para osmose reversa e deionizadores precisam de manutenção constante

Instalações de laboratórios, como os de farmácia de manipulação, precisam de cuidados sanitários especiais. A purificação da água é parte de um processo delicado e que interfere diretamente no resultado do produto. Como opções de filtragem, pode-se usar deionizadores ou sistemas de osmose reversa.

Os deionizadores são equipamentos projetados para retirar sais, metais e minerais dissolvidos na água, produzindo água deionizada. O processo de osmose reversa também separa a água dos sais, mas por meio de um fenômeno natural. Ele acontece quando se tem dois meios com concentrações diferentes separados por uma membrana semipermeável.

Para os laboratórios de farmácia de manipulação, é de extrema importância que os equipamentos passem por manutenções preventivas. Somente com toda a estrutura em ordem é que a garantia dos processos terão os resultados esperados.

Exigências

A purificação da água para uso farmacêutico consiste na eliminação de impurezas físico-químicas, biológicas e microbianas. O processo busca uma água com os níveis pré-estabelecidos e aprovados pelas autoridades sanitárias. No caso do Brasil, quem regulamenta essas condições é a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Os sistemas de armazenamento e distribuição devem ser considerados como uma parte crítica de todo o sistema. Os sistemas de purificação precisam estar de acordo com as normas, portanto, uma manutenção periódica tem que fazer parte da rotina e dos processos da farmácia de manipulação. Sem ela, fica difícil fazer o controle de qualidade microbiológico.

Se não houver esse controle, alguns tipos de microrganismos podem se proliferar nos componentes dos sistemas de tratamento. Os cuidados preventivos, então, ajudam a reduzir o risco de contaminação, seja química, biológica ou microbiológica.

Uma dica para evitar problemas com os equipamentos, é que o processo de tratamento da água deve funcionar continuamente por períodos significativos de tempo. Dessa forma, evita-se a ineficiência e o desgaste, que ocorrem quando os equipamentos são ligados e desligados frequentemente. Deixar os aparelhos sem uso por muito tempo também pode ser um problema, pois pode haver contaminação microbiológica.

Veja os sistemas da BFilters que podem ser usados em farmácias de manipulação.